Na educação, a magia de ensinar não estar nas palavras.
Na educação a magia de aprender não estar nas escritas postas e sim no amplo respeito de ensinar e aprender.

- Mães
Mães, geralmente é a vocês que cabe a educação dos filhos,
sobretudo no capítulo modos à mesa, arrumação do quarto etc.

Não sejam preguiçosas! É mais fácil fazer que ensinar.
Mas tenham coragem, ensinem.
E comecem cedo para que os bons hábitos se tornem
uma segunda natureza e não um procedimento
para se ter só na frente das visitas.

Seja rigorosa! Eles vão te odiar às vezes.
Você vai querer esganá-los freqüentemente.
Faz parte entre as pessoas que se amam.
Mas um belo dia alguém vai dizer o quanto seu filho é educado,
prestativo, gentil, querido. Você vai desmaiar de surpresa e
felicidade.

Eu nunca me esqueço daquela história da mãe que
se dirigiu a uma especialista em boas maneiras para saber com
que idade ela deveria colocar seu filho no curso. Ao saber que o
filho estava com três meses de idade ela respondeu: “Mas talvez
já seja muito tarde!”.

Não morra de vergonha se seu filho der um vexame
na frente dos seus amigos.
Não valorize os erros nem dê bronca em público.
Nunca trate a criança com se ela fosse uma débil mental,
elas entendem tudo!

Use sempre um bom vocabulário.
Isso aumenta a capacidade lingüística das crianças
e não fique para morrer de culpa se algum dia precisar
frustrar seu filho, tipo promessa que não pode ser cumprida,
etc.
Apesar do que dizem os especialistas, uma frustraçãozinha de vez
em quando prepara a criança
para aprender a suportá-las quando no decorrer da vida elas
infelizmente acontecerem.

O palavrão. É dito por todos.
Até em televisão, escrito nos jornais, etc.
Pretender que uma criança não repita é puro delírio.
Vamos moderar.
Mas a regra de ouro seria:
palavrão na linguagem corriqueira uma coisa,
mas não pode ser usado jamais na hora da raiva, da briga.
Isso vale também para os adultos.

Ensinem, obriguem seus filhos a cuidarem da bagunça que fazem.
O copo de Coca-Cola? De volta pra cozinha.
A revistinha que acabou de ler? Para o quarto.
Os milhares de papeizinhos de Bis? Amassar e jogar no cinzeiro.

A lista não tem fim porque a imaginação de uma criança para
instalar o caos onde quer que esteja é também infinita.

Alguns mandamentos:
Não sair pra se servir correndo na frente dos outros.
O ideal, aliás, seria que as crianças até certa idade fizessem
as refeições antes dos adultos, com as mães ali ao lado,
patrulhando as boas maneiras.
Não deixar cair um grão sequer na mesa.
Não encher demais o prato. Há fome no mundo, etc, etc…
Se encher que coma tudo.
A partir dos cinco anos, não cortar a carne toda de uma vez.
Cinco? Talv

Eu sou um intelectual que não tem medo de ser amoroso, eu amo as gentes e amo o mundo. E é porque amo as pessoas e amo o mundo, que eu brigo para que a justiça social se implante antes da caridade.

É na educação dos filhos que se revelam as virtudes dos pais.

Não há vida sem correção, sem retificação.

"Se fosse ensinar a uma criança a beleza da música
não começaria com partituras, notas e pautas.
Ouviríamos juntos as melodias mais gostosas e lhe contaria
sobre os instrumentos que fazem a música.
Aí, encantada com a beleza da música, ela mesma me pediria
que lhe ensinasse o mistério daquelas bolinhas pretas escritas sobre cinco linhas.
Porque as bolinhas pretas e as cinco linhas são apenas ferramentas
para a produção da beleza musical. A experiência da beleza tem de vir antes".

Se a educação sozinha não pode tranformar a sociedade, tampouco sem ela a sociedade muda.

Verdades da Profissão de Professor
Ninguém nega o valor da educação e que um bom professor é imprescindível. Mas, ainda que desejem bons professores para seus filhos, poucos pais desejam que seus filhos sejam professores. Isso nos mostra o reconhecimento que o trabalho de educar é duro, difícil e necessário, mas que permitimos que esses profissionais continuem sendo desvalorizados. Apesar de mal remunerados, com baixo prestígio social e responsabilizados pelo fracasso da educação, grande parte resiste e continua apaixonada pelo seu trabalho.
A data é um convite para que todos, pais, alunos, sociedade, repensemos nossos papéis e nossas atitudes, pois com elas demonstramos o compromisso com a educação que queremos. Aos professores, fica o convite para que não descuidem de sua missão de educar, nem desanimem diante dos desafios, nem deixem de educar as pessoas para serem “águias” e não apenas “galinhas”. Pois, se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda.

Educação é aquilo que fica
depois que você esquece o
que a escola ensinou.

Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas.

Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do vôo. Pássaros engaiolados são pássaros sob controle. Engaiolados, o seu dono pode levá-los para onde quiser. Pássaros engaiolados sempre têm um dono. Deixaram de ser pássaros. Porque a essência dos pássaros é o vôo.

Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados. O que elas amam são pássaros em vôo. Existem para dar aos pássaros coragem para voar. Ensinar o vôo, isso elas não podem fazer, porque o vôo já nasce dentro dos pássaros. O vôo não pode ser ensinado. Só pode ser encorajado.

Nunca confunda sinceridade com grosseria,
falsidade com educação e amigos com colegas.

Brasil educado e educando
Parabéns à Todos! O Brasil educa, o Brasil é educação. É assim que vejo as reformas estruturais educacionais que o Estado do Espírito Santo faz na educação fundamental deste gigantesco País. Todo dirigente público que tem em seus programas de governo a premissa maior a educação é por demais, fazer crescer e desenvolver as nossas crianças. Projetos de leitura, de esporte e a instrução formal, assim ampliada para nove anos, vem atender e também ampliar esse universo tão preciso para o desenvolvimento do Brasil.

Só a educação liberta.

Um título universitário não te encurta as orelhas: só as esconde.

"Aos velhos e jovens professores,aos mestres de todos os tempos que foram agraciados pelos céus por essa missão tão digna e feliz.Ser professor é um privilégio. Ser professor é semear em terreno sempre fértil e se encantar com a colheita. Ser professor é ser condutor de almas e de sonhos, é lapidar diamantes"

HELP TO CHILDREN’S…depois que "criaram o livro didático", qualquer indivíduo adentra a sala de aula brasileira…

Um convite, uma gentileza
Convidada por uma professora da rede pública de ensino para coloborar na organização da Biblioteca Escolar e sensibilizada pelas condições dos livros e demais materiais bibliográficos ali encontrados, "topei" o desafio, afinal quando o assunto é educação o sentido de colaborar aflora magnificamente em mim, pois só acredito que um País é desenvolvido quando todas as crianças estão nas escolas, e que as necessidades básicas sejam atendidas e respeitadas e que os mmesmos estejam sendo exaustivamente estimulados para o estudo e a pesquisa.

A base de todo Estado é a educação da sua juventude.

A educação tem raízes amargas, mas os seus frutos são doces.

Será que realmente não passa de mais um dia cujo real valor foi esquecido há tempos?

Muita gente nem lembra muito do motivo dessa data, esquece seu verdadeiro valor para os verdadeiros religiosos. Não para aqueles que dizem: "Eu amo Deus", mas para quem realmente tem Deus como algo significativo.

As crianças nascem e vem sendo criados com o Natal sendo um dia onde se ganha presentes e se reúnem aqueles parentes que você jamais vê na vida, apenas nesse dia, se repetindo todos ano.

Ando pela rua e vejo ‘papais noéis’ de diferente estilos, cada um com um texto hipócrita decorado e dizendo para todas as crianças apenas para retornarem: "eu quero uma bicicleta!", "eu quero um videogame!", etc. Elas não tem a mínima noção do que é o natal e porque ele é "comemorado". São cada vez mais escravos do "se sentir completo com produtos”.

As datas comemorativas, todas elas, deixaram de ter um valor real dentro de cada um de nós e passou a ser significado apenas do capitalismo que nos cerca. Lojas dizendo, "compre na XXXX, faça seu natal mais feliz". Vejo isso em todos os lugares.

Você passa por aí e todos lhe dizem com um sorriso puxado, "feliz natal, tudo de bom". Já parou para pensar que você diz isso tão automático que nem sabe ao mesmo o que esta dizendo? você realmente se importa com esta pessoa? seu porteiro, seu vizinho, seu amigo, seu colega. Porque para se desejar "tudo de bom" para alguém precisa estar no natal ou em seu aniversário ou alguma outra data deste estilo?

Eu que nem mesmo tenho nenhum vínculo com religião alguma, sinto nessa data um ar de rejeição muito grande, mas como simples capitalista gosto dela até, afinal quem não gosta de ganhar presentes?

Para mim natal deveria ser passado simplesmente como um dia comum, onde apenas os religiosos se manifestassem e comemoração seu verdadeiro valor – o nascimento de Jesus Cristo. Não deveria haver trocas de presentes e nenhum tipo de falsidade educacional que se cultiva hoje em dia. Nós deveríamos escolher passar ao lado das pessoas que mais gostamos e não ficar trancados em reuniões familiares onde às vezes nem mesmo existem assuntos em comum.

Mas no mais, mantendo a educação, um Feliz Natal para todos e tudo de bom! =)

    Curta-nos no Face!

Recomendamos
Contato:


Sugestões, reclamações ou elogios podem ser feitos pelo email, contato@imotion.com.br ou participe da nossa comunidade no orkut!
Comunidade Portal Imotion