Guardo na minha coleção de manias essa de acreditar nas pessoas, acreditar além das pessoas. Se sei que magoei alguém, isso também me magoa. Se falhei a ponto de causar dor, isso também me dói. Se eu reclamar de ciúmes hoje, acredite, são muitos e muitos dias calando ele aqui dentro.

Não fui eu que te disse o último eu te amo, e talvez nem seja. Não fui eu a última que se declarou por você em anonimato. Li declarações de um desconhecido e refleti muito sobre isso. Talvez alguém, um alguém a mais esteja apaixonado por você, mais um alguém prestes a se dedicar aos seus apegos e desapegos. Seu aparecer e desaparecer, que chateia, magoa, entristece. Não pelo fato de ir e vir, mas, pelo motivo de nunca avisar se voltará ou não! Os dias passam e eu acabo me esquecendo, de quando foi a última vez que apareceu, quando foi que o vi, ou senti perto de mim próximo o bastante para eu me segurar, ir contra os meus sentimentos, e desapegar-me. Por motivos óbvios de tantos encontros nunca feitos e desfeitos. Talvez por tantas chamadas de últimas horas ou por sentir que era o último momento, último este que ainda não me lembro se realmente será o último! Nayara Almeida

A “HISTÓRIAS DE NÓS DOIS”

Nada na vida é por acaso,e se estou agora escrevendo, é porque existe uma razão para isto estar acontecendo.
Como eu queria estar sempre bem com você, deixar as mágoas de lado e superar os desencontros, viver cada momento plenamente, sem preocupar-se com as conseqüências de atos e ou palavras mal interpretadas.
E é em virtude dessas más intepretações que surgem as divergências, percebe-se as diferenças. Por conta disse, cabe questionar o motivo de tanto ódio, a causa de tanta ira, já que o objetivo de ambos foi compartilhar o doce sabor do AMOR, no entanto, o paladar ultimamente só tem absorviso o sal das lágrimas, a boca só tem sentido o gosto amargo das frustrações.
Quero que tenha a certeza de que o dia mas importante de minha vida não foi quando lhe conheci, mas o dia em que você passou a viver dentro de mim, perto de mim. Deixe o passado para trás e pense mais um pouco em mim, nos momentos de felicidades que passamos juntos, as lágrimas que compartilhamos, ou então, procure deixar claro que o homem que conheci tem capacidade suficiente de deixar evidente o motivo do rancor que arrasa nossas vidas, consome meu juízo, pois o verdadeiro sentimento ainda respira por ter a esperança de ver tudo esclarecido, mas as divergências que nos cercam estão fazendo esse mesmo sentimento agonizar, podendo enxergar no fim do túnel a certeza do último suspiro.
Já pensou em quantas vezes ficamos no vai e vem, brigas e reconciliações que nos dão a certeza da nossa vontade em permanecemos bem, mas que ao mesmo tempo tem nos privado de tantos coisas.
Sei que por várias vezes você quis acabar com tudo, “e conseguiu, eu por outro lado também” me senti inclinada em romper, nos momentos de dificuldades e inseguranças. Pois é,…, nada conseguiu ser mais forte do que o nosso desejo de ficarmos juntos e mesmo querendo o namoro foi rompido não conseguimos cortar os laços.
Sei que preciso melhorar muito, preciso ser mais calma, falar menos ser menos impulsiva e mais clara. Por outro lado você também tem que ser mais confiante, administrar os seus ciúmes, ser menos grosseiro e não ser tão rancoroso.
Não tenha medo de dizer o que sente, pois por maior que tente esconder, eu sinto e admiro o carinho que você tem por mim, e se eu estou tendo importância na sua vida, saiba que na minha você significa muito também.
Não importa onde você esteja, ou que uma grande distância nos afaste temporariamente, ou até para sempre, “quem sabe”, dentro de mim eu te carrego para todos os lugares que vou, a sua presença é constante na minha vida e o amor que sinto se mantém firme.
A sua imagem não sai dos meus pensamentos e agradeço a Deus a graça de poder compartilhar u pouco da sua vida. Lembre-se, a tristeza é para os que não amam e só se vive um grande amor quando não se teme o sofrimento.

“É preferível sofrer e ter se sentido amado uma vez, do que esconder os sentiment

"Ela é uma garotinha cheia das suas manias infantis,gosta de tudo do seu jeito, e fecha a cara quando as coisas não saem como quer.Procura entender o porquê dos acontecimentos… e tenta aprender as lições que a vida coloca na sua frente… Não gosta de admitir que falhou, mas assume seus erros com classe. É estranha, é surpreendente. Ela pode estar sorrindo de tudo, e de repente… estar chorando por nada. Não tente adivinhar suas ações ou suas reações… Ela não costuma insistir naquilo que percebe não valer a pena. Ama, ama incondicionalmente… Não odeia, não guarda mágoas, não pensa em vingança… Gosta de deitar, fechar os olhos, fugir do tempo. É daquelas que pensa, repensa, e pensa mais uma vez antes de dormir. Escrever, ela adora escrever o que sente, o que pensa…Normalmente é uma companheira animada, agradável e alegre. Tirando suas fases azedas com seu cinismo e língua afiada, seu outro lado é romântico e aventureiro, uma grande amiga. Para ela não basta ouvir palavras carinhosas e juras de amor. Apesar de muitas vezes parecer fria e distante, ela deseja ser amada e mimada. Jamais ficará calada se puder falar.São inúmeros os defeitos e algumas qualidades que a descrevem. Mas não são as palavras que vão te fazer a conhecer… Primeiro observe… Não tente adivinhar, tente desvendar…"

Que neste Natal,
eu possa lembrar dos que vivem em guerra,
e fazer por eles uma prece de paz.

Que eu possa lembrar dos que odeiam,
e fazer por eles uma prece de amor.

Que eu possa perdoar a todos que me magoaram,
e fazer por eles uma prece de perdão.

Que eu lembre dos desesperados,
e faça por eles uma prece de esperança.

Que eu esqueça as tristezas do ano que termina,
e faça uma prece de alegria.

Que eu possa acreditar que o mundo ainda pode ser melhor,
e faça por ele uma prece de fé.

Obrigada Senhor
Por ter alimento,
quando tantos passam o ano com fome.

Por ter saúde,
quando tantos sofrem neste momento.

Por ter um lar,
quando tantos dormem nas ruas.

Por ser feliz,
quando tantos choram na solidão.

Por ter amor,
quantos tantos vivem no ódio.

Pela minha paz,
quando tantos vivem o horror da guerra.

Eu era uma criança, esse monstro que os adultos fabricam com as suas mágoas.

Aqui, nessa janela, ouço tudo o que acontece lá fora, e mesmo assim me sinto mais alheio, minha janela não me mostra o que acontece do lado externo, a janela me mostra o que acontece aqui dentro. Ela serve apenas pra levar minhas magoas que se tornam leves, e saem voando por ai. Escuto conversas bobas e me sinto melhor, percebo cada vez mais que não pertenço a esse grupo de pessoas hipócritas, preconceituosas e ignorantes, que possuem uma liberdade acorrentada, presos a um tradicionalismo imbecil.

Assim vou me permitindo, vou vivendo uma vida realmente minha, uma vida que acabei de conhecer e que me acompanhará enquanto eu durar. Quanto tempo vou durar? Não sei, talvez até amanhã, talvez eternamente.

Sentimentos hoje são tão descartáveis que as pessoas preferem magoar umas as outras a dizer que foi bom enquanto durou

Estou CANSADA de pessoas que vão e não ficam, de quem se aproxima e me faz criar afecto e depois me tira tudo tão friamente, farta de expectativas que viram desilusão, farta de felicidade que vira dor, farta de actos que contrariam as palavras, farta de sorrisos que viram lágrimas, farta de gargalhadas que viram gritos, farta de tempo feliz que vira tempo desperdiçado, farta de lutar por quem não luta por mim, farta de dar de mim a quem não sabe receber, farta de me esforçar por quem não valoriza. Farta de fingir que está tudo bem, farta de conter o choro quando toca aquela musica, farta de ter que sorrir quando só me apetece chorar, farta de ser amável quando me apetece mandar tudo pro c******, farta de não aprender a manter o coração fechado, farta de aproximações que viram afastamentos!
Eu preciso de ti, pára de me dar o melhor para a seguires me dares o pior, pára de me tratar bem para depois me tratares mal, pára de me dar importância para me ignorares em seguida, pára de ser o melhor do meu mundo para depois virares a minha maior mágoa, pára de me fazer sonhar para me fazeres depois cair na realidade tão violentamente. Pára de aparecer nos meus sonhos, de me ocupares os pensamentos, de estar comigo em cada segundo, de seres a ultima pessoa em quem penso antes de dormir, de seres a primeira em quem penso quando acordo. Pára de ser complicado, pára de complicar a tua vida e a minha.
Apenas F-A-R-T-A e C-A-N-S-A-D-A!

Aquelas pessoas que nos magoaram fizeram apenas o que sabiam fazer, em função das condições de suas vidas. Se você não perdoar, permitirá que essas mágoas antigas continuem a dominá-lo.

Fale menos. Palavras, o vento leva; a mágoa, no entanto, fica.

O chôro da mágoa é muito mais sofrido porque nele as lágrimas não gotejam.
Elas escorrem tépidas, incessantes e lânguidas pelo rosto, atingindo a alma na tentativa de estrangulá-la.

O prazer visita-nos muitas vezes; mas a mágoa agarra-se cruelmente a nós.

Ai daqueles
que se amaram sem nenhuma briga
aqueles que deixaram
que a mágoa nova
virasse a chaga antiga

ai daqueles que se amaram
sem saber que amar é pão feito em casa
e que a pedra só não voa
porque não quer
não porque não tem asa

Magoar alguém é transferir para outrém a degradação que temos em nós.

Toda mágoa é orgulho ferido

A mágoa profunda tem menos poder para atingir / O homem que dela faz troça, e não a carrega como um fardo.

A mágoa altera as estações e as horas de repouso, fazendo da noite dia e do dia noite.

Por favor
Deixe em paz meu coração
Que ele é um pote até aqui de mágoa
E qualquer desatenção, faça não
Pode ser a gota dágua

Instante Mágico

Em um instante mágico, fogos de artifícios ecoam anunciando em grande estilo o novo ano que acaba de nascer.

Em um instante mágico, brindemos ao ano novo que chegou.

Em um instante mágico, nos comunicamos por um olhar por um abraço apertado, és então que exprimimos desejos de SAÚDE, PAZ e AMOR.

Em um instante mágico, não existe diferenças de raça ou crença, somos todos iguais, filhos do mesmo PAI, só conjugamos o verbo AMAR.

Em um instante mágico, magoas e desgostos dão espaço para a alegria e a esperança.

Em um instante mágico, esquecemos 2009 e lembramos-nos de 2010, esquecemos do passado e lembramos-nos do presente, presente de viver a vida, como é bom viver.

Feliz Ano Novo !!

    Curta-nos no Face!

Recomendamos
Contato:


Sugestões, reclamações ou elogios podem ser feitos pelo email, contato@imotion.com.br ou participe da nossa comunidade no orkut!
Comunidade Portal Imotion