Pedras no caminho…
O distraído nela tropeçou.
O bruto a usou como projétil.
O empreendedor, usando-a, construiu.
O camponês, cansado da lida, dela fez assento.
Para meninos, foi brinquedo.
Drummond a poetizou.
Já David matou Golias,
e Michelangelo extraiu-lhe a mais bela
escultura…
E em todos esses casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem!
Não existe "pedra" no seu caminho que você não possa aproveitá-la para o seu próprio crescimento.


3 Respostas para “Pedras no caminho…
O distraído nela tropeçou.
O bruto a usou como projétil.
O empreendedor, usando-a, construiu.
O camponês, cansado da lida, dela fez assento.
Para meninos, foi brinquedo.
Drummond a poetizou.
Já David matou Golias,
e Michelangelo extraiu-lhe a mais bela
escultura…
E em todos esses casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem!
Não existe "pedra" no seu caminho que você não possa aproveitá-la para o seu próprio crescimento.”

  1. Antonio Pereira (Apon) em 30/03/2010 11:40 am

    O poema “A pedra” aqui postado como de “autor desconhecido” é de Antonio Pereira (Apon). Ver poema original e esclarecimentos: http://www.aponarte.com.br/2007/08/pedra.html

  2. NELMA LINA DE ALMEIDA CASTRO em 19/11/2010 10:00 am

    Linda a sua poesia Antonio, se voce me permite vou usá-la no meu dia-a-dia. Trabalho com um grupo de pré-adolescentes (trabalho social), sou professora universitária e amante da poesia. Moro em Itaporã-MS. Parabéns!

    Nelma

  3. Antonio Pereira (Apon) em 30/03/2011 9:15 am

    Oi Nelma.

    Obrigado pela inclusão da autoria e pelos elogios. Pode usar sim, a poesia é para semear sentires e pensares, tocar mentes, almas e corações.

    Um abração.

URL de acompanhamento | RSS

Deixe um comentário!

Nome (obrigatório)

Email (obrigatório)

Seu Site


    Curta-nos no Face!

Recomendamos
Contato:


Sugestões, reclamações ou elogios podem ser feitos pelo email, contato@imotion.com.br ou participe da nossa comunidade no orkut!
Comunidade Portal Imotion